energia
que gera produtividade

A Energia Solar em áreas rurais não para de crescer. Essa alternativa consegue levar economia para todas as áreas do agronegócio, possibilitando que o dinheiro que antes era gasto com eletricidade, seja utilizado em outras áreas.

Mesmo em momentos de crise econômica, o setor do agronegócio tem conseguido se destacar. E um dos segredos é justamente abraçar novas tecnologias que contribuem para o aumento da produtividade, a adoção de boas práticas agropecuárias e de gestão da propriedade rural e para a inserção competitiva dos produtores rurais nos diferentes mercados consumidores.

O principal ponto favorável do uso da energia solar fotovoltaica no campo é a previsibilidade dos custos com a energia elétrica nos próximos 25 anos, que é o tempo de vida útil do equipamento. O agricultor já enfrenta as incertezas do clima e, atualmente, também as da instabilidade energética. Com a geração na propriedade ele consegue ser autossuficiente e não depender das tarifas das concessionárias de energia elétrica, que sobem anualmente.

Existem programas governamentais com linhas de crédito mais vantajosas ao produtor do campo. Nestas, é possível adquirir um sistema fotovoltaico com menores taxas e maior prazo de pagamento.

Confira alguns projetos realizados